Direitos & Deveres

O cliente tem direito

  1. Cronogramas bem feitos.
  2. Comunicação constante.
  3. Um contrato por escrito.
  4. Notificação imediata em caso de atrasos, problemas e despesas extras.
  5. Pagar somente pelo que foi autorizado.
  6. Controle de horas, quando está pagando por hora.
  7. Ver o projeto durante o desenvolvimento.
  8. Tempo de resposta razoável.
  9. Precauções relativas a segurança e privacidade.
  10. Produtos que funcionam de acordo com o que foi contratado.
  11. Direitos autorais sobre o conteúdo do site.

O projetista de sites tem direito

 

  1. Saber qual o orçamento do projeto, desde o início.
  2. Um perfil completo do projeto.
  3. Um contrato por escrito.
  4. A valorização do seu tempo (atrasos por parte do cliente custam dinheiro).
  5. 25-50% do valor orçado como pagamento inicial.
  6. Pagamento no prazo combinado.
  7. Gerenciar seu próprio processo.
  8. Compensar suas falhas.
  9. Ser pago por trabalhos de consultoria ou idéias.
  10. Ser informado quando está fora da concorrência por um projeto.
  11. Direitos autorais sobre as ferramentas criadas para construir o site.

Falsas Economias em Projetos Web

  1. “O nosso site é uma versão na Internet do nosso marketing atual. Podemos usar os mesmos textos e gráficos de nossos folders, anúncios de jornal ou revista.”
  2. “Se mais pessoas trabalharem no site, ele ficará pronto mais rápido!”.
  3. “A web é um lugar onde nós podemos fazer várias experiências para depois ver o que deu certo. Vamos contratar aquele amigo nosso que faz sites nas suas horas vagas.”
  4. “Documentação é uma perda de tempo e esforço…”
  5. “Vamos fazer nós mesmos o projeto do site. Depois contratamos alguém para pegar os nossos rascunhos e transformá-los em paginas web.”
  6. “Vamos pedir propostas de construção do nosso site a alguns projetistas e agências de propaganda. Assim, teremos um monte de boas ideias de graça!”
  7. “Sites web não precisam de manutenção. Vamos até nos divertir fazendo tudo por conta própria…”